Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. C.L.



quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010



E que o teu silêncio me fale cada vez mais.
Porque metade de mim é abrigo, mas a outra metade é cansaço.
E, que a minha loucura seja perdoada.
Porque metade de mim é Amor, e a outra metade...também!”

Oswaldo Montenegro