Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. C.L.



quarta-feira, 4 de janeiro de 2012



Espairecer as ideias, deixar a correria de lado, abrir espaço para o novo e o coração para a vida.