Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. C.L.



sexta-feira, 27 de agosto de 2010


Eu tenho um anjo, ele não usa asas. Ele usa um coração que pode derreter o meu, usa um sorriso que me faz querer cantar, ele me dá presentes só por estar presente, me oferece tudo o que eu poderia imaginar. E é sempre melhor quando estamos juntos.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Foi quando olhei em teus olhos
e descobri que neles me perdi, pra nunca mais voltar.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

"Amigo é opção do coração"

video

Pode passar os anos que forem, mas você sempre será.
Tai, amo você ♥

terça-feira, 22 de junho de 2010

http://www.youtube.com/watch?v=hsBDEiJFrws&feature=channel

*-*

terça-feira, 8 de junho de 2010

O mundo sem mulheres!

O sujeito quer ficar famoso pra quê?
O indivíduo malha, faz exercícios pra quê?
O cara faz um esforço danado para ficar rico pra quê?

A verdade é que é a mulher o objetivo do homem. Tudo que eu quis dizer é que o homem vive em função da mulher. Vivem e pensam em mulher o dia inteiro, a vida inteira. Se a mulher não existisse, o mundo não teria ido pra frente. Homem algum iria fazer alguma coisa na vida para impressionar outro homem, para conquistar sujeito igual a ele, de bigode e tudo.
Um mundo só de homens seria o grande erro da criação. Já dizia a velha frase que 'atrás de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher'. O dito está envelhecido. Hoje eu diria que 'na frente de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher'.
É você, mulher, quem impulsiona o mundo.
É você quem tem o poder, e não o homem.
É você quem decide a compra do apartamento, a cor do carro, o filme a ser visto, o local das férias. Bendita a hora em que você saiu da cozinha e, bem-sucedida, ficou na frente de todos os homens. E, se você que está lendo isto aqui for um homem, tente imaginar a sua vida sem nenhuma mulher. Aí na sua casa, onde você trabalha, na rua. Só homens. Já pensou?
Um casamento sem noiva?
Um mundo sem sogras?
Enfim, um mundo sem metas.
Alguns motivos pelos quais os homens gostam tanto de mulheres:
1- O cheirinho delas é sempre gostoso, mesmo que seja só xampu.
2- O jeitinho que elas têm de sempre encontrar o lugarzinho certo em nosso ombro, nosso peito.
3- A facilidade com a qual cabem em nossos braços.
4- O jeito que tem de nos beijar e, de repente, fazer o mundo ficar perfeito.
5- Como são encantadoras quando comem.
6- Elas levam horas para se vestir, mas no final vale a pena.
7- Porque estão sempre quentinhas, mesmo que esteja fazendo trinta graus abaixo de zero lá fora.
8- Como sempre ficam bonitas, mesmo de jeans com camiseta e rabo-de-cavalo.
9- Aquele jeitinho sutil de pedir um elogio.
10- O modo que tem de sempre encontrar a nossa mão.
11- O brilho nos olhos quando sorriem.
12- O jeito que tem de dizer 'Não vamos brigar mais, não..'
13- A ternura com que nos beijam quando lhes fazemos uma delicadeza.
14- O modo de nos beijarem quando dizemos 'eu te amo'.
15- Pensando bem, só o modo de nos beijarem já basta.
16- O modo que têm de se atirar em nossos braços quando choram.
17- O fato de nos darem um tapa achando que vai doer.
18- O jeitinho de dizerem 'estou com saudades'.
19- As saudades que sentimos delas.
20- A maneira que suas lágrimas tem de nos fazer querer mudar o mundo para que mais nada lhes cause dor.

Às mulheres, para perceberem o quanto são importantes
e para os homens, para que eles lembrem o quanto as mulheres são essenciais
:)


Arnaldo Jabor

terça-feira, 25 de maio de 2010

É como se o mundo inteiro parasse enquanto afundo-me em seus olhos e sinto o batimento num abraço, fazendo de um beijo o maior desejo de um momento raro.

segunda-feira, 3 de maio de 2010




Senta-se, abaixa a cabeça e pensa;
Como a vida se torna chata quando sentamos para pensar.


-

quarta-feira, 28 de abril de 2010

[...]

Deita no meu peito e me devora
Na vida só resta seguir
Um risco, um passo, um gesto rio afora
É você,
Só você.
Deita no meu leito e se demora
Na vida só resta seguir
Um ritmo, um pacto e o resto rio afora
É você,
Só você.

Marisa Monte

domingo, 18 de abril de 2010

-


Eres todo lo que pedia
lo que mi alma vacia
Queria sentir
Eres lo que tanto esperaba
lo que en sueños buscaba
Y que en ti descubri

Tu has llegado a encender
Cada parte de mi alma
Cada espacio de mi ser
Ya no tengo corazon
Ni ojos para nadie
Solo para ti



Eres el amor de mi vida
El destino lo sabia
Y hoy te puso ante mi
Y cada vez que miro al pasado
Es que entiendo que a tu lado
siempre perteneci

Esto es de verdad
lo puedo sentir
Sé que mi lugar
es junto a ti

Sólo para ti

sábado, 17 de abril de 2010

.



Quando tudo parecia se acomodar..


apareceu você.


Revirou tudo, a cabeça, o mundo"

Não há

Estava lá sentado em uma poltrona no meio da sala junto a lareira.
Quando ela chegou, chamou sua atenção;
seus olhos tornaram-se fixos, sua fala muda e se quedou boquiaberto.
Seu 'oi' parecia dançar pelo ar até ir de encontro ao seu ouvido.
Tatamudeando a respondeu.
Não sabia quem era, somente que bela;
Dirigiu-se até ele, vagarosamente. Se abaixou em direção a sua boca, encaixou as pernas em sua cintura, colocou a mão em seu pescoço então, beijou-o.
[...]
Foi-se.
Se deu conta que seu delírio é por viver só, sempre a procura, sempre.
Dizemos, ninguém é alguém sem ninguém.

terça-feira, 23 de março de 2010

Sabe por que Papai Noel não existe? Porque é homem. Dá para acreditar que um homem vai se preocupar em escolher o presente de cada pessoa da família, ele que nem compra as próprias meias? Que vai carregar nas costas um saco pesadíssimo, ele que reclama até para colocar o lixo no corredor? Que toparia usar vermelho dos pés à cabeça, ele que só abandonou o marrom depois que conheceu o azul-marinho? Que andaria num trenó puxado por renas, sem ar-condicionado, direção hidráulica e air-bag? Que pagaria o mico de descer por uma chaminé para receber em troca o sorriso das criancinhas? Ele não faria isso nem pelo sorriso da Luana Piovani! Mamãe Noel, sim, existe sim.
Quem é a melhor amiga do Molocoton, quem sabe a diferença entre a Mulan e a Esmeralda, quem conhece o nome de todas as Chiquititas, quem merecia ser sócia-majoritária da Superfestas? Não é o bom velhinho.

Quem coloca guirlandas nas portas, velas perfumadas nos castiçais, arranjos e flores vermelhas pela casa? Quem monta a árvore de Natal, harmonizando bolas, anjos, fitas e luzinhas, e deixando tudo combinando com o sofá e os tapetes? E quem desmonta essa parafernália toda no dia 6 de janeiro?

Papai Noel ainda está de ressaca no Dia de Reis. Quem enche a geladeira de cerveja, coca-cola e champanhe? Quem providencia o peru, o arroz à grega, o sarrabulho, as castanhas, o musse de atum, as lentilhas, os guardanapinhos decorados, os cálices lavadinhos, a toalha bem passada e ainda lembra de deixar algum disco meloso à mão?

Quem lembra de dar uma lembrancinha para o zelador, o porteiro, o carteiro, o entregador de jornal, o cabeleireiro, a diarista? Quem compra o presente do amigo-secreto do escritório do Papai Noel? Deveria ser o próprio, tão magnânimo, mas ele não tem tempo para essas coisas. Anda muito requisitado como garoto-propaganda.

Enquanto Papai Noel distribui beijos e pirulitos, bem acomodado em seu trono no shopping, quem entra em todas as lojas, pesquisa todos os preços, carrega sacolas, confere listas, lembra da sogra, do sogro, dos cunhados, dos irmãos, entra no cheque especial, deixa o carro no sol e chega em casa sofrendo porque comprou os mesmos presentes do ano passado?

Por trás do protagonista desse megaevento chamado Natal existe alguém em quem todos deveriam acreditar mais.

Martha Medeiros

domingo, 28 de fevereiro de 2010


Foi preciso me perder no seu caminho, para encontrar o meu :)


-

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010



E que o teu silêncio me fale cada vez mais.
Porque metade de mim é abrigo, mas a outra metade é cansaço.
E, que a minha loucura seja perdoada.
Porque metade de mim é Amor, e a outra metade...também!”

Oswaldo Montenegro

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Mudanças;

As árvores nunca ficam paradas.
Elas florescem e depois perdem as folhas
As marés sobem, depois descem.
Às noites, seguem-se os dias,
Que se transformam em noites.
A vida é um ciclo constante de mudanças
E do que ainda vai mudar.
E, somos parte de tudo isso.
Nós estaremos aqui por um tempo
Mas, só até que este tempo termine.
Nós só temos esse tempo
Para deixar as marcas pelas quais queremos ser lembrados.
Deveríamos perceber que nós somos tão importantes
Quanto as nuvens, as marés e as estações.
Nós temos nosso lugar
E devemos fazer a nossa parte da melhor maneira possível
No ciclo contínuo da vida.

Rhoda-Katie Hannan

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

"Mas, nessa época, eles dançavam pelas ruas como piões frenéticos, e eu me arrastava na mesma direção como tenho feito toda a minha vida, sempre rastejando atrás de pessoas que me interessam, porque, para mim, pessoas mesmo são os loucos, os que estão loucos para viver, loucos para falar, loucos para serem salvos, que querem tudo ao mesmo tempo, aqueles que nunca bocejam e jamais dizem coisas comuns, mas queimam, queimam, queimam como fabulosos fogos de artifício, explodindo como constelações em cujo centro fervilhante — pop — pode-se ver um brilho azul e intenso até que todos digam “aaaaaaah!” "
Jack Kerouac

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Soneto de fidelidade

De tudo, ao seu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, sempre e tanto,
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Vinicius de Moraes

domingo, 10 de janeiro de 2010



meio inútil, haha
mas como dizia Ailin Aleixo
'Seja um idiota'

:)

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Silêncio na biblioteca




Talvez seja para não despertar o monstro da sabedoria que há dentro de nós
Ou quem sabe para não atrapalhar o sonho de se transportar para dentro da historia
Já ouviu falar em viagem, daquelas longas, mas sem sair do lugar.
Andei sabendo que quando alguém grita baixo quando se está lendo, tudo acaba no exato minuto e a viagem acaba sendo por si cancelada.
Mas afinal, porque não se pode falar alto na biblioteca?