Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. C.L.



quinta-feira, 1 de março de 2012

- Eu poderia ficar olhando seu sorriso até dizer chega.
- E quando dirá chega?
- Quando eu resolver parar de te olhar e decidir tocar os seus lábios aos meus.