Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. C.L.



domingo, 28 de fevereiro de 2010


Foi preciso me perder no seu caminho, para encontrar o meu :)


-