Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. C.L.



segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O que você acha da gente deixar tudo de lado, esquecer do passado e do que aconteceu.
Fazer diferente, colocar na mente, você e eu?
- Vem cá, vamos fazer de conta que somos elástico, se prender um ao outro.
- Não. Se você soltar machuca.
E então você me disse
que faria de tudo para ser quem eu sempre desejei
me faria feliz como jamais outro alguém
tiraria meus risos oferecidos a outrem.
E foi aí então que eu suspeitei,
Como fazer eu me tornar feliz
Se isso você já o fez.