Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. C.L.



sexta-feira, 28 de agosto de 2009


Chuva batendo na janela
reflete como lágrimas
desde o topo do vidro
até o canto da boca
rolando e deixando rastros
como o rastro de que o fez chorar
Gotas cortando a janela;
Lágrimas cortando o coração.

Um comentário:

  1. aeeeeeeeeeeee

    arebaba demorou né? rss

    Nossa, massa mesmo, gostei da visão sobre a gota no vidro e a lagrima, ótima sacada.

    congratulation!!

    ResponderExcluir