Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. C.L.



domingo, 24 de junho de 2012

- Vamos fugir?
Estava esperando esse convite!
- Para onde?
Para qualquer lugar que seja sussegado, calmo e bonito.
- Todo dia de manhã, flores que a gente regue.
E que tenha uma rede pra gente deitar à tarde e de noite ficar vendo o céu.
- Teria coragem de uma loucura dessas por amor?
Eu teria. Amor a gente só tem um, vida a gente só vive uma vez. Tem que aproveitar enquanto dá, fazer o que tiver vontade, não ficar se limitando, pensando que não pode dar certo, tem que sempre arriscar.
- Verdade. Vamos fugir quando então?
Vou pegar minhas coisas, passo ai em 5 minutos, tá bom?

Nenhum comentário:

Postar um comentário