Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. C.L.



segunda-feira, 1 de agosto de 2011



O dia em que aparecer alguém e me provar que realmente é diferente e único. Quem sabe eu mude minha concepção sobre o ideal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário