Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. C.L.



sábado, 10 de março de 2012

E às vezes a gente percebe que entendeu errado. Que aquele amor só existia na cabeça da gente.

2 comentários:

  1. Entender a si mesmo não é para qualquer um.
    GK

    ResponderExcluir
  2. Amor se permeia entre os erros do caminho. Amor é sempre amor, ainda que ele nunca tenha sido...

    ResponderExcluir