Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. C.L.



sexta-feira, 23 de setembro de 2011

E bem que no meio do dia você poderia aparecer de surpresa. No meio de uma discussão me roubar um beijo. Em um dia qualquer deixar um bilhetinho no espelho. No meio da noite me acordar para gente se amar. Em um dia especial encher a casa com flores. No meio de uma despedida me agarrar pela cintura. Enquando se arruma me puxar pra debaixo do chuveiro. E quando eu menos esperar fazer-me sentir amada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário