Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. C.L.



sexta-feira, 25 de abril de 2014

Primeira vista

- Ei, posso perguntar seu nome?
- Posso te deixar curioso?
Abaixou a cabeça e sorriu.
Fui saindo devagarinho, como quando se quer que o assunto continue...
Me puxou.
- Posso sugerir do que devo lhe chamar?
- Como?
- Minha futura!
- Futura o que? Sorri.
- Depende.
- De que?
- De qual proposta minha você aceitar...
- E qual será a primeira?
- Te espero aqui, neste lugar, hoje, às 20 horas. Tudo bem, minha futura companhia?
- Bem, devido seu atrevimento, venha aqui, neste lugar, hoje, às 20 horas e aguarde. Se eu chegar é porque também gostaria de saber seu nome, se eu não vier, nunca saberás o meu.

Fizemo-nos companhia a noite inteira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário