Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro. C.L.



terça-feira, 19 de julho de 2011

Se você permitir,
amanhecerei serenamente ao teu lado despertando-te com meus abraços.
Dar-te-ia o afago mais doce e meigo, e o beijo mais amoroso das tuas manhãs.
Permita-me?...

Nenhum comentário:

Postar um comentário